Slide background

Tipografia

Como escolher a melhor
fonte para seu livro?

Leia mais...
Slide background

Estrangeiro no labirinto

O romance foi um dos semifinalistas
do prêmio Portugal Telecom.

Compre o livro...
Slide background
Solicite meus livros ou
outros materiais.

Recursos para leitores

Visite a sala...


Mariposa Cartonera

Visite a página de minha editora cartonera, que publica livros artesanais com capas de papelão.

Leia mais...

Sala de Imprensa

Recursos para jornalistas, blogueiros e leitores que queiram saber mais sobre meu trabalho.

Leia mais...

Meus Livros

Conheça meus livros e encomende seus exemplares diretamente pela minha livraria exclusiva.

Leia mais...


Sobre meu novo romance, Estrangeiro no labirinto

carrero

Wellington de Melo integra, a partir de agora, o grande time de reformuladores do romance brasileiro, que vai, digamos, de Oswald de Andrade a Guimarães Rosa, e de Guimarães Rosa a Osman Lins, com a ousadia de investir no arriscado campo da temporalidade da física quântica.

Raimundo Carrero, escritor

557507_389774044416592_91737993_n

O recurso do duplo é amplamente explorado por Melo, e, em muitos momentos, remete às diversas possibilidades de se ver uma só existência, algo tratado magistralmente pelo italiano Luigi Pirandello em Cem, nenhum e cem mil. A habilidade em lidar com esse jogo, arrisco dizer, deixaria Borges e Gógol orgulhosos do trabalho do autor.

Rodrigo Casarin, Jornal Rascunho

site

Estrangeiro no Labirinto é um jogo de vida e morte e inscreve, sem sombra de dúvida, o nome do seu autor no grupo dos grandes narradores-inventores. Um livro para se entrar e não se sair nunca mais.

Micheliny Verunschk, escritora

576

Estrangeiro no labirinto, de Wellington de Melo foi um livro que me impressionou muito. Bastante complexo e muito bem construído, merece um olhar atento do leitor.

Carola Saavedra, escritora



Meu Blog

Visite o blog