Proposta de trabalho com o livro Lazarillo de Tormes
Site do escritor Wellington de Melo
wellington de melo, literatura, escritor
961
post-template-default,single,single-post,postid-961,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode_popup_menu_push_text_top,qode-content-sidebar-responsive,columns-4,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_non_responsive

Lazarilho de Tormes e Auto da Compadecida

Lazarilho de Tormes e Auto da Compadecida

É bastante conhecida a relação que existe entre o clássico Lazarillo de Tormes e uma das mais lembradas obras de Ariano Suassuna, O auto da compadecida. O próprio Ariano havia revelado que bebeu na fonte da novela picaresca para construir seu João Grilo. Esta relação, no entanto, ainda é pouco explorada no ensino básico e fazê-la oferece uma oportunidade interessante de aproximar os alunos tanto da obra de Ariano como da produção literária do Século de Ouro espanhol.

Há alguns anos, desenvolvemos com turmas do primeiro ano do ensino médio um trabalho de pesquisa, dentro da proposta da escola de iniciação científica, em que os alunos deveriam estabelecer essa relação de forma comparada. O resultado foi bem frutífero, pela familiaridade que os alunos tinha com o texto de Ariano e pela leveza do texto anônimo do Lazarillo, personagem que é a pedra fundamental da picaresca e com o qual os alunos também se identificam.

A seguir, compartilho com vocês a proposta de trabalho que passei aos alunos. Pode ser que já tenham trabalhado com algo assim ou que possam aperfeiçoar a proposta. Que lhes parece?

LAZARILLO DE TORMES E AUTO DA COMPADECIDA

Em primeiro lugar, foi feita uma provocação aos alunos sobre a leitura da obra O auto da compadecida. Quem já havia lido? Quem viu a peça? Quem assistiu ao filme? A partir das respostas, o professor vai tentando recompor as características do personagem de João Grilo.

Ao fim desta parte, o professor explica para os alunos a figura do pícaro, contextualizando historicamente seu nascimento na literatura espanhola e apresentando a obra Lazarillo de Tormes.

A seguir, o professor deve passar a leitura do livro e, numa data combinada, fazer um debate sobre a obra. Neste momento, será importante ir estabelecendo as relações com João Grilo. O professor poderá incluir uma tabela de características que poderiam ajudar a definir João Grilo e Lazarillo como pícaros.

ANÁLISE DO PÍCARO

Como uma forma de aprofundar o trabalho comparativo, dependendo da motivação do grupo, o professor pode sugerir a realização de uma pesquisa. Em nosso caso, tínhamos uma mostra e o tema foi sugerido entre outros possíveis.

Como em qualquer trabalho científico, é preciso seguir uma estrutura básica que contenha alguns tópicos obrigatórios. Os trabalhos devem seguir minimamente as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que permite que os textos tenham uma “cara” mais ou menos parecida.

A seguir, oferecemos uma proposta de estruturação do trabalho. Outros elementos como capa, resumo, introdução etc. podem ser trabalhados também.

APRESENTAÇÃO

Apresente o trabalho, explicando quem o sugeriu, quem foi o orientador e o que se pretendeu descobrir com este trabalho.

SUMÁRIO

Lista dos tópicos enumerados em seu trabalho, com indicação de páginas.

REFERENCIAL TEÓRICO

Nesta parte você deve expor alguns conceitos que são importantes para compreender o seu trabalho. Ele pode ser escrito usando uma estrutura de tópicos. Eis alguns tópicos que você pode apresentar nesta parte do trabalho (esses tópicos são uma sugestão, de modo que não é preciso usar todos e você também pode acrescentar outros que não são listados aqui; os títulos também são apenas uma sugestão).

  • Conceito de gêneros literários (narrativos e dramáticos)
  • A literatura comparada
  • O século de ouro espanhol (Siglo de oro)
  • A novela picaresca
  • O pícaro na literatura

ANÁLISE

Neste tópico você deve proceder a análise comparada dos dois livros, tomando como guia alguns temas em comum nas duas obras. Aconselhamos que separe seu texto em tópicos que abordem o tema de forma independente. Sugerimos a seguir alguns temas que podem ser trabalhados nesta parte do trabalho. Esses temas não estão listados por ordem de importância e podem ser suprimidos ou desdobrar-se em subtópicos. Você pode escolher apenas um tema e trabalhá-lo profundamente ou escolher vários e fazer uma explanação mais superficial de cada um.

  • A ética do pícaro
  • A crítica às instituições (igreja, burguesia etc.)
  • Intertextualidade (cenas, temas etc. são compartilhados entre os dois livros)
  • Contraste de personagens (pontos em comum, função de alguns personagens nas duas obras)
  • Estrutura comparativa das obras (capítulos/atos e sua temática)

CONCLUSÃO

Reforce as descobertas feitas por você durante o trabalho, fechando sua análise com alguma proposta de encaminhamento (outros trabalhos que poderiam ser escritos, outros tópicos que podem ser analisados).

REFERÊNCIAS

Registro de todas as fontes utilizadas em seu texto. Mais uma vez, observe as normas da ABNT. Lembre que utilizar palavras de um autor sem citá-lo implica em PLÁGIO e pode ocasionar uma avaliação negativa de seu trabalho ou mesmo a sua anulação.

Wellington de Melo
poet@wellingtondemelo.com.br

Escritor, professor e tradutor. Publicou diversos livros, entre eles "O caçador de mariposas", traduzido para o francês, e "Estrangeiro no labirinto", semifinalista do Prêmio Portugal Telecom. Edita autores contemporâneos pelo selo Mariposa Cartonera, que publica livros artesanais com capas de papelão reutilizado.

No Comments

Post A Comment